Fabíola Gadelha conta como emagreceu 25 kg (sem cirurgia!)

Motivação para Emagrecer: Fabíola Gadelha conta como emagreceu 25 kg (sem cirurgia!)

Via: Yahoo!

fabiola-gadelha-antes-e-depois

 

A repórter do Cidade Alerta Fabíola Gadelha surpreendeu muita gente quando apareceu, em agosto deste ano, muito mais magra. Em apenas três meses ela eliminou mais de 20 kg só com uma dieta bem rígida.

Conversamos com ela para ficar por dentro dos detalhes desta mudança, que incluiu até tratamentos estéticos. Confira a seguir!

Veja: Médico ensina método para emagrecer rápido 

Y! BR: Quando você decidiu mudar de estilo de vida?

Fabíola Gadelha: Quando eu percebi que minha saúde estava comprometida. Eu engordei 25 kg em menos de um ano e fiquei com vários probleamas: dor nas costas, azia, dor de cabeça. E, por isso, fiquei dependente de remédios. Por conta disso, percebi que precisava emagrecer urgente. Na verdade, eu queria resolver o probelema da minha saúde sem emagrecer. Mas quando eu falei isso para o médico, ele me disse que não seria possível. Ele falou que eu precisava eliminar os quilos que ganhei ao longo desse um ano.  Mas quando a gente fala em saúde, não tem jeito. Aí eu corri atrás.

Y! BR: Assim que você decidiu, qual foi o primeiro passo que deu?

Fabíola Gadelha: Fechei rapidamente a boca. Aí eu procurei um clínica que tem uma equipe de nutricionostas, endocrinologistas e uma equipe que te ajuda com alimentação saudável e a reeducação alimentar e um tratamento de choque. Eu queria fazer primeiro a dieta para eliminar o peso e depois  me reeducar para não ganhar esses quilos de novo. Queria algo que fosse para a vida toda. Em três meses perdi 20 kg e outros cinco eu eliminei mais devagar, com exercícios físicos. Agora eu estou com um peso tranquilo, minha saúde está restabelecida, eu não sinto mais nada. A dor nas costas sumiu porque eu fiz uma redução de mamas, que era algo que pesava muito também.

Y! BR: Qual foi o maior sofrimento nessa mudança?

Fabíola Gadelha: Na verdade, não teve sofrimento porque eu sou uma pessoa muito determinada. Quando eu sei que não tem jeito, foco naquilo e esqueço da parte boa, só penso nos benefícios que eu vou ter por fazer aquilo. Então não teve sofrimento. Eu fazia uma lasanha tranquilamente para os meus filhos e comia salada com peito de frango. Quando o resultado vem, você se anima mais. Tanto é que agora eu me alimento superbem, como minhas besteiras de vez em quando, mas de maneira saudável, sem exageros.

Y! BR: Como é a sua alimentação hoje em dia?

Fabíola Gadelha: Eu troquei o açúcar pelo adoçante na hora do café. Evito pão, dou preferência para tapioca e procuro, durante a semana, comer bastante salada e evitar carboidratos. A não ser que eu esteja com um treino muito pesado. Eu evito jantar coisas pesadas também. No final de semana eu me solto um pouquinho, mas tudo depende da minha vontade, do meu desejo de comer alguma coisa diferente.

Y! BR: Como é a sua rotina de treinos?

Fabíola Gadelha: Meu treino normal é aula de dança de manhã três vezes por semana, musculação duas vezes por semana e, de vez em quando, uma corridinha ou muay thai na sexta à noite.

Y! BR: Você se inspirou em alguém para fazer essas mudanças?

Fabíola Gadelha: Eu me inspirei na Solange do Aviões do Forró, porque ela é um exemplo de superação. Como eu sempre fui fã dela, acompanhei as mudanças dela [Solange reduziu o estômago e eliminou 60 kg] desde o início. Ela fez bariátrica, não foi o meu caso, e eu também não tive que perder o mesmo tanto que ela.  Ma, ainda assim, ela é uma inspiração.

Y! BR: Você teve a ajuda de algum tratamento estético?

Fabíola Gadelha: Sim, no começo da minha dieta eu não podia fazer exercícios físicos porque era uma dieta rigorosa então eu podia ficar fraca. Então eu sempre contei com a ajuda de tratamentos estéticos, como carboxterapia, que ajuda na flacidez e na celulite. Eu fazia algumas massagens redutoras que ajudavam bastante. Eu sempre faço alguma coisa, principalmente no rosto, porque geralmente quem é gordinho e emagrece fica com o rosto flácido. Então eu fiz de tudo para não ficar flácida e, graças a Deus,não fiquei. Está tudo durinho aqui (risos).

728x90

Y! BR: Tem alguma coisa que você deixou de comer e sente muita falta?

Fabíola Gadelha: Não tem nada que eu sinta muita falta. Até porque eu não tive tanta mudança radical. Eu adaptei tudo o que eu gosto para a minha nova rotina, para a minha nova alimentação. O que eu não sinto muita falta, eu tirei. Por exemplo, eu não tomo refrigerante, não tomo suco de caixa. Não tomo mesmo e não me faz falta. Evito açúcar, pão e nada disso me faz falta. O restante que eu gosto, como doces e chocolate, eu como, só que eu como com limites. Antes eu comia uma panela inteira, hoje em dia, eu como uma, duas colheres.  Eu vou só limitando, porque eu não quero chegar ao ponto de um médico um dia me falar que eu não posso nunca mais comer tal coisa.

One Comment

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *