28 kg a menos em 11 meses com dieta rica em proteínas

Ao alcançar os três dígitos na balança, Cintya Nancy resolveu deixar o sedentarismo no sofá e mudar de vida para conquistar um corpão. Com horários fixos para as refeições, ela celebra o manequim 38.

Via: M de Mulher

dieta rica em proteínas

 

 

Durante a adolescência, em Campo Limpo Paulista, no interior de São Paulo, Cintya podia comer de tudo e, mesmo assim, não engordava. “Devorava um salgado pela manhã, almoçava fast-food e jantava pizza e cerveja. Porém, após os 18 anos, ganhei peso com essa rotina”, diz. Os horários da faculdade deixaram a situação mais corrida e o descaso com a nutrição aumentou. “Entrei na universidade com 70 kg e saí com 90. Além da falta de disciplina, comecei a namorar e caí na armadilha de achar que não precisava mais me preocupar com o corpo”, conta Cintya.

O namoro evoluiu para noivado e os meses que antecederam a cerimônia não ajudaram. “Fiquei ansiosa e descontei na comida. Nem a vontade de usar o vestido dos sonhos me fez repensar. Aos 24 anos, subi ao altar com 100 kg.” Recém-casada, a analista foi morar com o marido, mas não cozinhava. No cardápio, congelados. “Além de não me alimentar bem, não bebia água por dias. Quando sentia sede, tomava cerveja.”

Leia: Médico desenvolve método infalível para emagrecer rápido

A preocupação com a balança só apareceu quando ela pensou em ter filhos. “Fui ao médico e ouvi que passaria por uma gravidez de risco por causa do meu peso”, diz. Com o choque da notícia, Cintya se pesou e viu a balança marcar 103,9 kg. “Foi um choque, entendi que precisava mudar. Pensei: vou me cuidar para cuidar bem de um filho.”

Mudança radical

O primeiro passo foi criar coragem para frequentar a academia. “Meu marido trabalha como personal e eu tinha receio de compararem o meu corpo com o dele. Usei até boné para não ser reconhecida”, conta. A corrida e a musculação começaram a dar resultados e, então, ela procurou uma nutricionista para potencializar a mudança. “Ao sentir que era capaz, me empolguei e fiz uma dieta com 80% de proteínas, cortando bebida alcoólica, fritura, massa e açúcar.” Radicalizar não foi fácil. Cintya afirma ter sofrido e deixado de ir a happy hours por medo de não resistir às tentações. “Mas o esforço valeu a pena. “Ao notar resultados no corpo, os cortes deixaram de incomodar e, para matar a vontade, a cada duas semanas eu comia uma tranqueira”, diz a analista.

Recompensa

“Me sinto disposta, animada e orgulhosa de mim. Até a vida sexual melhorou por estar segura com meu corpo.” Após 11 meses de disciplina, Cintya se despediu de quase 28 kg. “O segredo foi não perder o foco do objetivo. Hoje cozinho, a academia é sagrada e, caso perca a linha da dieta, malho o dobro para compensar.” Ela afirma que não deve parar por aqui. “Antes o meu prazer era comer, agora é cuidar mais de mim.”

Dicas da Cintya

1. Seja organizada. “Arrumo minhas marmitas pensando nas seis refeições do dia para manter a disciplina e não comprometer a dieta comendo um salgadinho quando a fome apertar.”

250x300H-1-1

2. Elimine a bebida alcoólica.”Uma cerveja leva a outra, e sem notar você pode arruinar um mês todo de dedicação em uma noitada virando o caneco.”

3. Lembre-se: alimentação e exercícios são aliados. “Não adianta malhar muito e comer só tranqueiras. As atividades devem ser equilibradas e trabalhadas em conjunto.”

GOSTOU? ENTRE PARA O NOSSO GRUPO NO FACEBOOK E RECEBA RECEITAS DIARIAMENTE CLIQUE AQUI

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *